segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Caldo de Piaba - Instrumental Acreano

Colaboração de Magda Tomaz

Todo mundo pensa que é comida, prato típico, sopinha pra curar ressaca ou expressão que remete a gente magra, sem conteúdo que, se espremer, não sai nem caldo ralo. De ralo ,a Caldo de Piaba não tem nada. “A gente mostra o contrário da expressão no palco”, explica Saulinho Machado, guitarrista da Filomedusa sobre seu trabalho paralelo.

Caldo de Piaba pretende lançar demo no Grito Rock Rio Branco( foto : Élisson Magalhães)

Com influências do brega, jazz, blues, rock, funk, ska e samba, a banda mostra que tem muito conteúdo em sua bagagem musical. Formada por Saulinho (guitarra), Eduardo di Deus (bateria), Miúda (baixo) e Fred Margarido (teclado) a banda Caldo de Piaba nasceu para contradizer a velha máxima regional. Do instrumental da piabada acaba de sair a gravação de três músicas para demo que pretende ser lançada no Grito Rock Rio Branco: “ Se a gente passar (pela prévia) pra tocar no grito, iremos lançá-la no festival ” promete Saulinho. Enquanto a demo não é lançada, assista aqui ao vídeo da música “Fanq”.


3 comentários:

Mente que mente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
saulinho disse...

olha que banda legal, essa não parece com los porongas.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Coquinha disse...

Meu primeiro contato com o "Caldo" foi em Sena Madureira, no último fim de semana. Boa surpresa, meninos! Influências diversas, misturas irreverentes, talento, bom humor...Vocês tem tudo para agradar. E eu adorei! Sucessos.