quinta-feira, 19 de junho de 2008

Rapidinhas Catraieiras

Guerra (Calango Smith) , Soares (Los Porongas) e Oliveira (Marlton): música autoral de mão cheia


Pão na Chapa com Café

Demorou, mas olha a diversidade chegando em forma de post. Rapidinhas III, o eterno retorno. Calango Smith voltou de Cuiabá feliz da vida. Diego Guerra deixou bem claro que o intercâmbio com a capital Hell City fez um bem danado pra ele e pra banda - vai soltar um post dando suas impressões aqui, já já! A Calango conheceu pessoas diferentes, envolvidas num processo diferente, com realidades diferentes, mas de idéias convergentes. Qualquer semelhança com a nossa realidade não é mera coincidência. Devemos, podemos e queremos fazer a diferença. O verdadeiro objetivo comum é aquele que todo mundo, não só enxerga, como chega junto. Café nesse calor? Só se for gelado.

+


Férias com Agito
Os acreanos Los Porongas chegam na cidade em breve. A imensa ponte aérea São Paulo-Rio Branco além de matar a saudade dos caras com a terrinha, servirá para o lançamento do DVD Los Porongas Ao Vivo, no Teatro Plácido de Castro, dia 12/07. Antes disso Diogo Soares garantiu que rola uma festa-esquenta no DCE da UFAC com outras bandas acreanas. Ainda em Sampa, Los Porongas tocam hoje (20/06) na OUTS com a paulista Somos - que esteve em RBR no Grito Rock Acre, em fevereiro. Outra banda que tá com viagem agendada é a Marlton (que também tá em estúdio, gravando seu primeiro disquinho). Os meninos vão pra Porto Velho no dia 05/07 tocar na Ressaca Casarão, com aquela banda, daquele guitarrista brasiliense, o Digão, como é mesmo o nome? Ah, lembrei: Raimundos. ;-)


+


O relógio com uma hora a mais e a banda Filomedusa : evento com novo horário


Robô de Fora e Outras Coisas
No programa Fora do Eixo de quarta-feira deu pra conhecer algumas bandas novas. O garimpo de Ana Helena, produtora do programa, tá cada vez mais afiado (e é verdade, viu?). Indo de norte a sul, a moça descobriu coisas saborosas como a gaúcha Robô Gigante, que faz um suco com a água da fonte de Lupicínio Rodrigues, o grande e saudoso sambista porto-alegrense. Na bateia Fora do Eixo ainda teve uma pérola chamada Dois em Um, um projeto baiano especial do músico e produtor Luisão Pereira (ex-Penélope) com a violoncelista Fernanda Monteiro - uma delícia. O Fora do Eixo rola toda quarta, a partir das 22h, na Aldeia FM 96,9.

+

Câmaras
Participando genuinamente de várias câmaras tématicas, os integrantes do Catraia expõem idéias e defendem ideais da coletividade. Tanto para os catraieiros, como para algumas pessoas ligadas às políticas de cultura, o Sistema Municipal de Cultura deve chegar a todos aqueles que, não só se interessam, como podem futuramente se interessar, rompendo barreiras. Positivo pra caramba!

+



Projetos, Projetos, Projetos
Na Câmara de Produção Cultural, dois projetos de formação/intercâmbio dão o tom da oportunidade para as pessoas ligadas a área - ou que pretendem se ligar futuramente. Milena Quiroga e Camila Cabeça, junto com Thalyta França e Kaline Rossi, todas autoras dos dois projetos pretendem mesclar profissionais locais e de outras cidades, atuantes em diversos setores da produção cultural em palestras e rodas de debate. É uma boa idéia. Vamos torcer para que sejam aprovados.


+


Catraia na Literatura
Ficou mais genuína a participação dos catraieiros no Sistema Municipal de Cultura. Mais pessoas do Catraia tiveram obras vencedoras e classificadas no I Prêmio de Literatura Acreana promovido pela Fundação Garibaldi Brasil e a Academia Acreana de Letras. Além da categoria Romance, foram premiados Jeronymo Artur e Kaline Rossi, com os 1º e 3º lugar nas categorias Conto e Poesia, respectivamente. Santiago "Cidão" Queiroz teve sua obra classificada na mesma categoria de Kaline. Depois disso receberam convite para participar - também - da Câmara Temática de Literatura. ;-)


+



Falando Nisso De Novo
Literatura transbordando. Bacana o papo com o escritor e arquiteto Milton Hatoum, ontem no Teatro Plácido de Castro. Amazonense, mas cidadão do mundo, Milton tem no currículo vários prêmios de literatura conquistados no decorrer de mais 15 anos de carreira. Todos seus romances se passam em torno de Manaus, mas tratam de temas universais como conflitos familiares e sociais. Ao invés de um manual de "como ser escritor", o legal mesmo foi ouvir dele, de Toinho Alves e de outras pessoas presentes, idéias, experiências e visões - um prato cheio para quem pensa em mergulhar na literatura, seja como leitor, seja como escritor. Como diria um amigo meu: leitor de verdade lê até embalagem de sucrilhos.

+

Fuso Horário
Terça-feira, 24, o Acre perde uma hora e a diferença com o horário de Brasília fica menor. A mudança gerou uma polêmica danada. Teve gente que não gostou. Teve gente que achou o contrário. Mas tem muita gente mesmo que não entendeu patavinas. Muda o que? Como? O sol vai apagar mais cedo? Uma hora? A mais ou a menos? Agora toda vez que a Hora do Brasil soltar seu famoso bordão "em Brasília, dezenove horas", em Rio Branco serão dezoito horas (ao invés de dezessete). Bom ou não, resumo da conversa: terça-feira, às 16h, acontece um evento especial e gratuito no Mercado Velho Novo. Filomedusa, Jabuti Bumbá e Los Porongas se apresentam em comemoração a hora a mais de sol que o dia vai ganhar com o novo fuso. Se liga no relógio pra não perder a hora! ;-)



+

Chico, Tim e o Rei: quem vai ser o tema do próximo tributo Catraia?


Agenda
Amanhã (sábado) vai ser um dia movimentado. De manhã acontece na livraria Betel, uma roda de papo com os catraieiros vencedores/classificados no I Prêmio de Literatura Acreana, organizado pelo Núcleo de Comunicação do Catraia. A tarde tem reunião extraordinária e geral do Catraia. Dentre outras pautas, estão apontamentos do Festival Varadouro 2008 e votação do estatuto e regimento interno - que transforma o Catraia numa associação cultural. A noite, no Museu da Borracha, a Câmara Temática de Jornalismo se reúne para apresentação dos projetos pactuados que concorrem aos editais de Produção, Formação e Intercâmbio. Respira!

+


Dica Marota
Conhece o site Pendurado Para Secar? É um blog. Mas também é uma peneira do que tem de melhor na música mundial, com dicas de bandas independentes ou não, álbuns bons ou não, faixas gratuitas ou não, downloads idem ou não, edecetra, edecetra, edecetra! Controverso, o bloguinho diz que você pode baixar os disquinhos (o que é ilegal), mas tem que deletar tudo vinte e quatro horas depois - se gostou, compre o cd. É aquela coisa, né? Faz a besteira, mas dá uma de bom moço. De qualquer forma, vai lá (e segue a dica dos caras: depois de ouvir, apaga e compra). ;-)

+


Uma Ode ao Som
Ontem fiquei lembrando do Tributo aos Beatles, que o Catraia organizou em cima das águas do rio Acre, com várias bandas locais - que fizeram covers bem autorais. Acho que tá na hora de um outro tributo. Tem gente que sugeriu um ao Tim Maia. Outros querem um ao Rei Roberto Carlos (das antigas). Tem Chico Buarque, tem Los Hermanos, tem...Ih, opções não faltam. E aí, qual tributo você acha que tem que rolar? Diz aí nos comentários, manda email, sinal de fumaça, telepatia e edecetra.

+

Dica Marota II - O Rebote
Tem cinema de primeira rolando pela cidade. Como é que a gente não fica sabendo? Muitos filmes que você não vê por aqui e nem por acolá: a maioria é filme de fora do circuito comercial, frutos do cinema independente de vários cineastas, de vários países, de várias vertentes, de várias... Tem pra todos os gostos. Iniciativa do Centro Cultural Banco do Brasil, o circuito Inéditos de filmes e tem entrada franca (olhaí, que coisa boa!). Hoje, por exemplo, a sessão começou as 14h (com Ventos da liberdade , com o Cilian Murphy - muito bom!) e até às 19h com outros filmes. Amanhã tem Bubble (um filme israelense, que tem um trilha sonora boa pacas! ). Tem sessão no Hélio Melo (quer ligar? 32242133), ali no Centro (mas também tem no Teatrão, ali no Bosque) Maiores informações, ó: isabellamarins@terra.com.br e joaojuarezguimaraes@gmail.com

+

Dica Marota III - A gente não se cansa
Caramujo Sonolento, conhece? E De Leve? Bom, se nenhum desses nomes soam família pra você, é hora de limpar o ouvido e aprumar a vista de coelho. São todos projetos do De Leve, rapper, rapero, poeta de rua e de praia, tiozinho do Hip Hop maroto carioca, mais precisamente de Nichiteroy! Caramujo Sonolento é seu projeto experimental e sarcástico, com produção propositalmente mixuruca, vocoder tosco e rimas rasteiras da Grande Rio (atente para A Lenda e Paulinho Baleiro). De Leve, com licença, já achou a batida perfeita - pois é melhor, muito melhor que Marcelo D2 (pedraaaadas!). Tchau!



21 comentários:

Talita Oliveira disse...

ô, demais essas rapidinhas. muita informação legal, positiva. e pro tributo... quem sabe um nem tão rock n´roll, mas ousado e de botar medo: Elis Regina?! haha. ia ser lindo. quem sabe, né?

Lucas disse...

O grande e saudoso Tim, não que os outros deixem a desejar.

Dúvida agora: o De Leve tem um projeto paralelo que se chama Quinto Andar, 'A Lenda' é o nome de uma música que eles tocam que na letra diz "caramujo sonolento, frenético!"
Então, Caramujo Sonolento é o nome de outro projeto do De Leve?

que confusão agora haha

Quem ama usa disse...

LOSS HERMANOS MEU!!!
1 voto!

Priscyla x) disse...

uhhh
acho o Tim uma ótima idéia!
mas também adoreeei a idéia de ser Elis regina \\o

x)

Janu Schwab disse...

Lucas, não há confusão - o google taí pra isso!

O Quinto Andar é um coletivo de nichty do qual o De Leve era um participante (entre outros do então submundo 'rapero', como o Mc Shaw e o Matéria-Prima, manja?)

Dessa galera veio A Lenda (e seu filho a Lendinha) que virou hit. Foi um viva ao Napster - já que estávamos no primeiro biênio do novo milênio e os caras do Metallica ainda não tinha começado a encher o saco do tal Shawn Fanning.

Bom, Caramujo sonolento é um projeto que tem De Leve a frente, a tiracolo, na sola, na gola, na manga e tem a mesma tirada 'sarcáustica' do Quinto Andar - vide o vocoder acelerado e as rimas pontuais. É só clicar no link e curtir!

Quem faz confusão é o D2 - que uma vez quis bater no Bacalhau (que era baterista do Planet Hemp e depois virou baterista do Autoramas)dentro do 434, rs! Mas essa é outra história.

valeu!

Thalyta França disse...

Das rapidinhas TODO MUNDO GOSTA!Tanto que sem nenhum esforço clicam no link ''comente também''
hehehe
ficou massa!
Dois em Um é divino!

Janu Schwab disse...

Dois em Um é mesmo mto bacana, Thalyta. Em alguns momentos lembra Los Hermanos, mas não quer ser Los Hermanos, entende? Dica da Ana Helena, que produz o Fora do Eixo na Aldeia FM.

;-)

Pô, um tributo a Elis ia ser massa! Ou aos parceiros compositores dela. Belchior é um deles e o meu favorito - A Palo Seco é um tapa na lata!

Thalyta França disse...

É mermo! Losermânica sem ser exatamente assim! Conheci pela Ana Helena produtora =P


Boa pedida da Talita mesmo nem lembrei da Elis seria massita de modelar e um desafio pras bandas aliás qualquer um desses aí trás muita responsa! Vamos esperar as outras dicas.Gostaria de ouvir as versões chicobuarquenses da galerinha do rock and roll também, quem sabe fazer 2 tributos num só =x hehe


;)

Lucas disse...

caramujo sonolento, de leve, a lenda, me gerou uma confusão. eu sabia do Quinto Andar, mas do Caramujo Sonolento, não!

por falar em rimas, Black Alien e BNegão mandam muito bem, vale a pena conferir!

Janu Schwab disse...

Black Alien é bom mesmo. Babylon by Gus é coisa boa! Vale dez!

Antigamente não gostava - quando ele complementava a fúria pueril do Hemp e de outros projetos. Mas depois vigorou, partiu pr'uma coisa mais merla mesclada!

então vamos dar o link pra moçada:
http://www.myspace.com/blackalienbr

Quem ama usa disse...

Ainda acho los hermanos uma boa para um próximo tributo
:P

Handreh disse...

Acho que as músicas do Tim Maia são um campo infinito de possibilidades para fazer versões. Acho que seria ótimo! Elis Regina também destrói, mas daí as bandas é que também teriam que ter muito cuidado para não serem destruídos. É um desafio enorme e por isso mesmo valeria muito a pena. Sempre tive muita vontade de cantar O Bêbado E O Equilibrista, mas claro que num tom decente pra minha voz, aliás, o tom que ela canta é decente, eu é que não faria um trabalho decente naquele tom, enfim, deu pra entender kkkkkkkk
Legião Urbana também seria uma boa pedida (não torçam os narizes, Gemelas de la amor), seria emocionte. Acho que é isso. E o que eu quero? Rá, sossego ^^

Thalyta França disse...

Eu odeio legião =XXX mas muita gente gosta então..,
que o povo que decida hahahahah
let's rock!

Thays França disse...

Bate papo catraia ;p

Handreh disse...

Bate sapo.
Emocionte é fogo.
*emocionante.
o/

Santiago Queiroz disse...

los hermanos ia ser massa...

Kaline Rossi disse...

# kaline entra na sala de bate papo.
haha
Eu voto pelos Hermanos.As músicas deles dão uma imensidão de possibilidades pra fazer versões interessantes,diria eu.
Dimaix Fauxto.
Legião Urbana..hmm(torci o nariz.)

o/

Janu Schwab disse...

tim losermaianiano.

Priscyla x) disse...

"tim losermaianiano."

gostei, gostei \o

Maldito disse...

Eu voto pelo visceral Tim...

Maldito disse...

Ramon Moreno o De Leve (que alias é um grande amigo meu) pertenceu ao grupo Quinto Andar, onde todos usavam pseudônimos como, Cavalo Banguela, Rato Molhado e Caramujo Sonolento que era o Deleve,...
O grupo acabou ja faz um tempinho,... e seus integrantes seguiram carreira solo,...
Só pra saber, Cavalo Banguela é a alcunha do Mc Marechal, outro chapa meu da época de Lapa, que tambem tem feito uma carreira solo brilhante,...