domingo, 24 de maio de 2009

Frida Kahlo tem projeto aprovado na Lei de Incentivo à Cultura Municipal

por Victor Manfredini
Já saiu a lista dos projetos aprovados na Lei Municipal de Incentivo à Cultura da Fundação Garibaldi Brasil pro ano de 2009. Planos de inúmeras naturezas vão contemplar todas as áreas da cultura em nossa cidade. Projetos que vão desde um campeonato comunitário de futebol de areia, produção de uma revista divulgando a cultura e o turismo de Rio Branco à curso de artesanato com pedrarias para a terceira idade e só nesses três exemplos já dá de se notar a diversidade de gente que será beneficiada com esses projetos.


O Frida Kahlo – Muito de Pouco, representou o cenário independente muito bem. O projeto proposto por Januário Schwab indicou a produção do primeiro cd da banda, que é vinculada ao Coletivo Catraia, foi um dos aprovados. Em nosso estado projetos de mesma natureza também já saíram do papel, como o cd da banda Marlton acatado na Lei de Incentivo em 2008 e a coletânea “Canta Tião – Um Canto à Natureza”, gravada e prensada no formato SMD, em homenagem à Tião Natureza, também aprovado na Lei do ano passado e recentemente lançada bem como o SMD da banda Nicles.

A banda Frida Kahlo composta por Rebeca Barbosa, Marcos Casas, Alexandre e Kaline Rossi, segue o estilo clássico. Diz seguir uma onda livre, tentando trazer uma nova idéia de como de fazer o rock n' roll de forma divertida e “colorida”. Com influência de bandas e movimentos dos anos 60, 70 e 80 como a brasileiríssima Bossa Nova, vem aos poucos conquistando seu espaço e mesmo com pouco tempo de formação, já coleciona apresentações em diversos eventos. Já gravou três músicas autorais com recursos próprios e lançou seu primeiro fanzine informativo no último dia 09.

Com a aprovação do projeto, já enxerga um futuro próspero diante da gravação e divulgação do primeiro cd, fato de grande importância para qualquer banda que esteja disposta a trabalhar. Segundo a vocalista Rebeca Barbosa, serão gravadas sete músicas, sendo que todas serão composições próprias da banda. A produção e design ficarão a cargo de Janu Schwab e Núcleo Parabólica. Com relação à masterização e prensagem ainda não foi definido.

Mais sobre banda? acesse, visite e siga.